Windows Live Messenger

quinta-feira, 11 de abril de 2013


Chover, do Cordel do Fogo Encantado
Enviado por luisnassif, qui, 11/04/2013 - 16:00
Por jns

O Maracatu Sem Freios do Cordel do Fogo Encantado

"O grupo teatral que tornou-se uma das bandas mais representativas da cena independente nacional, transitando com desenvoltura pela fronteira entre as artes cênicas e a música”

Produção de Naná Vasconcelos ('Sou um Brasil que o Brasil não conhece') que também dá uma bela canja no berimbau.


“O ‘Cordel...’ mistura influências tradicionais da música e da poesia populares do nordeste com elementos imaginários inovadores. O tema da chuva é retomado com um espírito anárquico e dionisíaco em “Chover”, um maracatu desenfreado, cuja força rítmica e a riqueza da percussão simulam a grandeza da chegada das primeiras tempestades no sertão. As batidas do surdo, das congas, do gonguê e do bombo de macaíba simulam o ribombar da chuva e o estouro dos trovões. A música é a mesma nas duas fases da letra – antes e depois da chuva – e as palavras ‘chover’ e ‘choveu’ são entoadas pelo coro, enquanto a voz de Lirinha reza os outros versos.”

CHOVER

Invocação para um dia líquido


Vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário