Windows Live Messenger

terça-feira, 15 de janeiro de 2013









































.




Pintar, bordar e fazer mergulho numa cadeira de rodas
 Enviado por luisnassif, ter, 15/01/2013 - 13:00




Autor:
 Oswaldo Conti-Bosso


Caros,

Como vencer os olhares e atitudes carregados de preconceitos das pessoas aparentemente "normais",  com relação aos paraplégicos numa cadeira de rodas?

A experiência de Sue Austin numa cadeira de rodas e a mudança de paradigma que ela está operando, o impacto que as pessoas aparentemente "normais" sentem quando olham sua tragetória, sua luta para mudar a perspectiva dos normais que a olham com desprezo, sem ver nada de bom na pessoa que está paraplégica, nosso ponto de vista, nosso olhar e atitudes estão carregados de preconceitos quando olhamos para um paraplégico numa cadeira de roda.

O interessante é que, o relato de Sue Austin é o que de mais comum acontece quando as pessoas "normais" lançam seus olhares para alguém que esta numa cadeira de roda, nos comportamos como se a pessoa não existisse, na verdade não sabemos olhar do ponto de vista do outro, a carga de preconceitos sociais está enraizado, de gerações e gerações.

"Como os atletas na Paraolimpíada, a artista deficiente, Sue Austin, está trabalhando para redefinir a noção popular de deficiência. Esta semana, ela tem sido espectadores surpreendentes com uma cadeira de rodas especialmente equipado que permite que ela 'voe' debaixo d'água."

("Like the athletes at the Paralympics, disabled artist Sue Austin is working to redefine the popular notion of disability. This week, she has been amazing spectators with a specially equipped wheelchair that lets her fly underwater.")

“Ao criar nossas próprias histórias, nós aprendemos a assumir as rédeas das nossas vidas de forma mais a sério, como nós fazemos em narrativas oficiais”, Geena Davis 2009, TEDxWomen (inglês: “By creating our own stories we learn to take the texts of our lives as seriously as we do ‘official’ narratives”).

O vídeo é falado em inglês, ainda não tem legenda em português:

http://www.ted.com/talks/sue_austin_deep_sea_diving_in_a_wheelchair.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário