Windows Live Messenger

quarta-feira, 26 de setembro de 2012










Pesquisa Ibope/TV Globo mostra Haddad na frente de Serra
Enviado por luisnassif, qua, 26/09/2012 - 08:35

Do Estadão

Haddad atinge 18%,Serra tem 17%, e Russomanno, 34%

De acordo com Ibope, petista supera numericamente tucano e acirra disputa por vaga no 2º turno na sucessão em SP

Daniel Bramatti, de O Estado de S. Paulo

Empatados tecnicamente, Fernando Haddad (PT) e José Serra (PSDB) disputam voto a voto uma vaga no segundo turno da eleição em São Paulo. A última pesquisa Ibope/TV Globo, divulgada na terça-feira, 25, à noite, mostra o petista com 18% das intenções de voto e o tucano com 17%. Celso Russomanno (PRB) permanece na liderança, com 34%.

Em relação à pesquisa Ibope/Estado/TV Globo feita há duas semanas, Haddad oscilou três pontos porcentuais para cima e Serra, dois para baixo. O candidato do PRB aparece agora com um ponto a menos.

A pesquisa mostra que Serra não conseguiu baixar seu índice de rejeição, que passou de 38% para 40% – é o maior entre todos os candidatos.

Em um eventual segundo turno contra Russomanno, o tucano perderia por 51% a 23%. Há duas semanas, o placar nesse tipo de simulação era 52% a 25%.



Em um improvável confronto direto contra o candidato do PT, Serra seria derrotado por 39% a 29%. A desvantagem em relação a Haddad, que agora chega a dez pontos porcentuais, era de apenas quatro há duas semanas.

O gráfico com todas as pesquisas do instituto, exibido nesta página, mostra o candidato do PSDB em tendência de queda desde as vésperas do início da propaganda eleitoral, na primeira quinzena de agosto.

Na semana passada, período em que o Ibope não realizou nenhuma pesquisa, o instituto Datafolha havia mostrado um descolamento entre Serra e Haddad – o tucano abriu seis pontos de vantagem (21% a 15%) e chegou a sair da situação de empate técnico com o adversário – a margem de erro era de dois pontos.

Televisão. O petista também seria derrotado por Russomanno em um eventual segundo turno, se a eleição fosse hoje. O placar, segundo o Ibope, seria de 48% a 24%.

Alvo preferencial dos ataques da campanha de Serra, Haddad não elevou sua taxa de rejeição nas últimas duas semanas – o índice passou de 17% para 16%.

Russomanno praticamente não foi atacado no período em que se consolidou na liderança das pesquisas. Só recentemente ele passou a ser alvo de críticas. Anúncios feitos pelos marqueteiros de Haddad destacam supostas fragilidades do adversário, com ênfase na inexperiência administrativa.

Nos últimos dias, Haddad atacou o candidato do PRB também em eventos de rua e no debate realizado anteontem pela TV Gazeta. Com isso, o objetivo é "esvaziar" Russomanno nos bairros periféricos da cidade – hoje ele tem suas maiores taxas de intenção de voto em tradicionais redutos petistas.

O Ibope ouviu 1.204 pessoas entre os dias 22 e 24. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos porcentuais

Nenhum comentário:

Postar um comentário