Windows Live Messenger

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

A nova plataforma dos smartphones Blackberry
Enviado por luisnassif, sex, 28/09/2012 - 15:11
Do Radar Tecnológico, no Estadão
A nova plataforma que é a esperança do BlackBerry
Nayara Fraga
A RIM, fabricante do BlackBerry, anunciou nesta semana uma atualização da plataforma BlackBerry 10. Ela deve ser lançada no mercado junto de uma nova geração de smartphones da empresa no início de 2013. É a aposta da companhia para alcançar a terceira posição no mercado de smartphones – atrás de iPhone e Android e à frente do Windows Phone. O RadarTec Traduz, seção deste blog para tirar dúvidas e dar dicas aos leitores, fala sobre o BlackBerry 10 (BB 10) hoje.
Antes, vale lembrar para que serve o sistema operacional. Apesar de a aparência de um celular chamar mais a atenção, o bom funcionamento do aparelho depende do sistema operacional. É ele quem responde pela eficiência do aparelho – controla todos os recursos e gerencia tarefas e o consumo de energia. As atualizações desses sistemas, em geral, têm a intenção de aperfeiçoar os recursos e oferecer algo melhor ao usuário. Assim funciona com o Android (que já está em sua nona versão) e com o sistema da Apple, que liberou o iOS 6 para os usuários recentemente.
No caso do BlackBerry, trata-se uma plataforma completamente nova, ainda não lançada no mercado. A BlackBerry 10 foi anunciada em maio numa conferência da empresa, mas pouco se falou da plataforma, já que quase nada havia sido concretamente apresentado (até esta semana). Desta vez – na conferência de desenvolvedores -, protótipos de smartphones foram apresentados com BlackBerry 10. Alguns recursos se diferenciam bastante do iPhone e do Android:
1 – Interface do usuário: a tela inicial no BlackBerry 10 servirá para mostrar os aplicativos abertos em uso (até oito). Mesmo minimizados, os apps exibem as atualizações. No vídeo abaixo, doEngadget, você pode ver que também há um recurso, sempre aberto, que concentra as notificações de todas as conversas do usuário (e-mail, mensagens, Twitter, Facebook Linkedin. É como se a ferramenta, chamada no vídeo de “Blackberry hub”, ficasse por trás de todas as telas e aplicativos. Desenhando um L de cabeça para baixo (apenas com o dedo), por exemplo, o “Blackberry hub” aparece.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário