Windows Live Messenger

sexta-feira, 31 de agosto de 2012


Mantega: Brasil terá 4% de crescimento no final do ano

Por Marco Antonio L.
Do Blog do Planalto
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje (30), durante a 39ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, no Palácio do Planalto, que o Brasil chegará ao final do ano com um crescimento anualizado de 4%. Segundo ele, a melhora no desempenho da economia se deve a uma série de medidas estruturais e conjunturais tomadas pelo governo.
“A economia começa a se aquecer, há um crescimento gradual (…) As projeções de mercado apontam avanço de 0,5% ou 0,6% no segundo trimestre, que anualizado chega a 2%, e de 1,1% no terceiro semestre. Chegaremos ao final do ano com crescimento anualizado em torno de 4%”, disse Mantega.
Ao fazer uma apresentação sobre a conjuntura da economia brasileira, Mantega afirmou que o atual estágio da crise internacional é mais grave do que em 2008 e 2009. Segundo ele, por não depender tanto dos mercados externos, o Brasil é um dos países menos afetados pela crise.
Mantega também criticou a taxa de juros praticada pelos bancos. Segundo ele, as taxas não são as mais adequadas para estimular o consumo e o investimento. Para o ministro, o país ainda tem espaço para reduzir os spreads – diferença entre o que os bancos pagam para captar recursos e o valor que cobram dos clientes – e assim gerar novos efeitos positivos na economia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário