Windows Live Messenger

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

.O clássico francês 'La Regle du Jeu'


Enviado por luisnassif, ter, 20/12/2011 - 13:00

Por Andre Araujo

A REGRA DO JOGO _ La Regle du Jeu - Filme de Jean Renoir, França 1939 - Um classico do cinema de todos os tempos, considerado um dos dez melhores filmes da historia do cinema, A Regra do Jogo e um filme emblematico pelo seu conteudo politico-social, prenunciando a derrocada da França no ano seguinte, a ocupação alemã, o derrotismo e a corrupção da elite francesa, um papel vergonhoso, e a França de Vichy como regime colaboracionista do Terceiro Reich. O diretor Jean Renoir já era famoso em 1939. Filho do pintor Pierre Renoir, engajado politcamente no Front Populaire, o governo de esquerda na França da Terceira Republica, o diretor produziu uma alegoria da decomposição da sociedade francesa no periodo imediatamente precedente da Segunda Guerra, mostrando um aristocracia alienada e uma classe de empregados interesseira e mercenaria, não melhor que seus patrões.



O filme leva à reflexão sobre o mundo social francês e sua sustentação por regras que escondiam um comportamento futil e amoral. Todos podiam ter amantes e tinham, na aristocracia e nos domesticos, mas as regras do jogo e de etiqueta tinham que ser obedecidas. Um mundo de esplendor da aristocracia, com palacios e castelos magnificos, o jogo dos amantes a demonstrar um tecido social pronto para a derrocada de 1940. Não vou aqui contar o enredo mas lembrei de um episodio tambem simbolico dessa vida social que facilitou a ocupação alemã, passado nos castelos da campanha francesa.



p>O Governo da Terceira Republica, tendo como Primeiro Ministro Paul Reynaud fugiu de Paris em direção a Bordeos, se instalndo em castelos pelo caminho, na rota da fuga. Em desses castelos uma importante reunião do Ministerio, convocados os generais, apareceu o Embaixador americano William Bullit. Reynaud queria fazer um apelo desesperado a Roosevelt para ajudar a França com aviões.



Bullit entrou no grande salão, com todo o Ministerio reunido e mais os comandos militares, Gamelin, Weygand, Darlan, Hottinguer, entra na sala Madame de Prtes, que era a Condessa Helene de Portes, amante de Reynaud, de peignoir com o cachorrinho nos braços e na frente de todos diz a Reynaud que era hora de fazer acordo com os alemães, sem perda de tempo. Bullit então viu num lampejo que a França não tinha salvação. Se a amante do Primeiro Ministro tinha a audacia de invadir uma reunião de Ministros e genrais para se decidir sobre o curso da guerra em um momento decisivo



a entrada de Madame de Portes no recinto para exigir a rendição, sem que fosse escorraçada pelo Premier e amante, demonstrava que o Pais estava doente, sem vontade de resistir.



O filme de Jean Renoir mostrava exatamente esse contexto, porisso foi proibido na França, após ser mal recebido pela sociedade parisiente, pateticamente retratada no filme.



Renoir tambem ficou mal visto e viu-se em perigo, fugindo em abril de 1940 para os EUA, aonde viveu até falecer em 1979, aos 85 anos. Foi tambem um grande diretor em Hollywood, dirigiu um total de 40 filmes e deixou para sempre seu nome na historia da setima arte nos dois continentes.



A REGRA DO JOGO esta a venda em bancas de jornal, numa serie do Cinema Europeu, vale a pena ver pelo significado historico e emblematico de seu enredo e da magnifica direção. Renoir tambem é ator no filme, uma especie de mestre de cerimonias do elenco, com o personagem Octave, um parasita tipo arroz de festa tão comum na alta sociedade em todos os lugares.



Vídeos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário