Windows Live Messenger

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Vicente Freitas


UPAs

O Dia





As 48 UPAs que funcionam no Estado do Rio acabaram de atingir a marca de 10 milhões de atendimento. O da Penha é a que mais recebeu pacientes.

Dá para acreditar? Você já foi a uma UPA e foi atendido por um especialista?





* * *





SECRETARIA DE CONSERVAÇÃO X PEDRAS PORTUGUESAS





A Secretaria de Conservação trouxe cinco Calceteiros de Lisboa para ensinar os profissionais Cariocas como cuidar das pedras portuguesas.

Isso já tem mais de um ano e pelo que parece ninguém aprendeu nada, pois praticamente em todos os bairros que tem calçadas com estas pedras estão precisando urgentemente deles.

Na época, essa iniciativa foi divulgada com muita pompa na imprensa, mais até agora ninguém sabe se eles aprenderam, e se aprenderam aonde estão?





Outra iniciativa que foi muito divulgada em 2009, foi a criação pelo Prefeito Eduardo Paes dos zeladores de ruas, que deveriam fiscalizar principalmente as calçadas quebradas, ralos entupidos, assim como poda de árvores, etc.

Cadê eles, aonde foram parar?









* * *





Vicente Freitas

Blog de Ernesto Castanha

Querido irmão


és sempre

um irmão a quem

posso contar

tudo juntos

passamos

bons e maus

momentos

és maravilhoso

és paciente

és compreensível

és carinhoso

faz-me com eu sinto uma

irmã especial

Descrição


.De Wikipédia, a enciclopédia livre

Carlos Drummond de Andrade (Itabira, 31 de outubro de 1902 — Rio de Janeiro, 17 de agosto de 1987) foi um poeta, contista e cronista brasileiro.



Biografia

Nasceu em Minas Gerais, em uma cidade cuja memória viria a permear parte de sua obra, Itabira. Posteriormente, foi estudar em Belo Horizonte e Nova Friburgo com os Jesuítas no Colégio Anchieta. Formado em farmácia, com Emílio Moura e outros companheiros, fundou "A Revista", para divulgar o modernismo no Brasil. No mesmo ano em que publica a primeira obra poética, "Alguma poesia" (1930), o seu poema Sentimental é declamado na conferência "Poesia Moderníssima do Brasil", feita no curso de férias da Faculdade de Letras de Coimbra, pelo professor da Cadeira de Estudos Brasileiros, Dr. Manoel de Souza Pinto, no contexto da política de difusão da literatura brasileira nas Universidades Portuguesas. Durante a maior parte da vida, Drummond foi funcionário público, embora tenha começado a escrever cedo e prosseguindo até seu falecimento, que se deu em 1987 no Rio de Janeiro, doze dias após a morte de sua única filha, a escritora Maria Julieta Drummond de Andrade. Além de poesia, produziu livros infantis, contos e crônicas.



Fonte

.A descrição acima é do artigo Carlos Drummond de Andrade da Wikipédia, licenciado sob CC-BY-SA, lista completa de contribuidores aqui. As páginas de comunidade não estão associadas, tampouco endossadas por, qualquer pessoa associada ao tópico.


Recomeçar sempre e não importa o tamanho da dor que vc ainda sente.

Recomeçar - Carlos Drummond de Andrade

www.youtube.com

Nunca desista dos seus sonhos, porque sem eles você continuará a existir,mas deixará de viver (Jacqueline Mesquita)..
Tudo passa, tudo passará!




Nada nesta vida é definitivo. Se você tiver um pouco ...de paciência, o tempo cura todos os males. Você sofreu uma decepção hoje, mas amanhã deverá sentir uma grande alegria.



Não se preocupe com o amanhã, DEUS já está lá!



(Autor desconhecido)Ver mais

De: Momento de Oração..


Poema de Sete Faces



Quando nasci, um anjo torto desses que vivem na sombra disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida. As casas espiam os homens que correm atrás de mulheres. A tarde talvez fosse azul, não houvesse tantos desejos. O bonde passa cheio de pernas: pernas brancas pretas amarelas. Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração. Porém meus olhos não perguntam nada. O homem atrás do bigode é sério, simples e forte. Quase não conversa. Têm poucos, raros amigos o homem atrás dos óculos e do bigode. Meu Deus, por que me abandonaste se sabias que eu não era Deus, se sabias que eu era fraco. Mundo mundo vasto mundo se eu me chamasse Raimundo seria uma rima, não seria uma solução. Mundo mundo vasto mundo, mais vasto é meu coração. Eu não devia te dizer, mas essa lua.. mas esse conhaque botam a gente comovido como o diabo.

Piadas(Besteirol)




> o: Sogra Portuguesa



>



>



> *A sogra portuguesa chega à casa da nora e encontra o filho saindo com as



> malas, furioso. *****



>



> *- O que aconteceu, ó, Manuel? *****



>



> *- O que aconteceu? Pois aconteceu o seguinte, minha mãe! - Fuiii viajar e



> mandei um telegrama para a Isabel avisando que voltariaa hoje. *****



>



> *- Chego em casa e o que eu encontro? Ela com um sujeito! Os dois nus na



> nossa cama! É o fim, estou a ir embora para sempre! *****



>



> *- Calma! pede Dona Maria. Deve haver algo errado nessa a história, a



> Isabel jamais faria uma bobagem dessas! *****



>



> *- Espere um pouco que vou verificar o que se passou. *****



>



> *Momentos depois, Dona Maria volta sorridente: *****



>



> *- Não disse que havia um equívoco, meu filho? *****



>



> *- A Isabel não recebeu o teu telegrama.*****



>



> ****









--

Fato verídico




Fato verídico acontecido em uma Vara Criminal da cidade de

São Paulo, durante a arguição de um Policial pelo Advogado de

defesa do réu, que tentava abalar sua credibilidade...

Advogado: Você viu o réu fugir da cena do crime?



Policial: Não, senhor. Mas eu o vi a algumas quadras do local do

crime e o prendi como suspeito, pois ele se trajava conforme a

descrição dada do criminoso.



Advogado: E quem forneceu a descrição do criminoso?



Policial: O policial que chegou primeiro ao local do crime.



Advogado: Um colega policial forneceu as características do suposto

criminoso. Você confia nos seus colegas policiais?





Policial: Sim, senhor. Confio a minha vida...



Advogado: A sua vida? Pois bem, então diga-nos se na sua

delegacia tem um vestiário onde vocês trocam de roupa antes de sair

para trabalhar...



Policial: Sim, senhor, temos um vestiário.



Advogado: E vocês trancam a porta com chave?



Policial: Sim, senhor, nós trancamos.



Advogado: E o seu armário, você também o tranca com cadeado?



Policial: Sim, senhor, eu tranco.



Advogado: Por que, então, policial, você tranca seu armário, se

quem divide o vestiário com você são colegas a quem você confia

sua vida?



Policial: É que nós estamos dividindo o prédio com o Tribunal de

Justiça, e algumas vezes nós vemos advogados andando perto do

vestiário...

Gargalhada geral, inclusive do Juiz, que foi obrigado a suspender

a sessão...

-------------------------
Quatro amigos se encontraram em uma festa, após 30 anos sem se verem.


Algum drink aqui, bate papo de lá e de cá e um deles resolve ir ao banheiro.

Os que ficaram começaram a falar sobre os filhos.

O primeiro diz : - Meu filho é meu orgulho. Ele começou a trabalhar como Office Boy em uma empresa. Estudou, se formou em Administração,foi promovido a gerente da empresa e hoje é o presidente.Ele ficou tão rico, tão rico, que no aniversário de um amigo na semana passada, ele deu uma Mercedes nova para ele.

O segundo disse : - Nossa, que beleza! Mas meu filho também é um grande orgulho para mim.Ele começou trabalhando como entregador de passagens. Estudou e formou-se piloto. Foi trabalhar em uma grande empresa aérea. Resolveu entrar como sócio na empresa e hoje ele é o dono. Ele ficou tão rico, que no aniversário de um amigo, também na semana passada, ele deu-lhe um avião 737 de presente.

O terceiro falou : - Nossa parabéns ! Mas meu filho também ficou muito rico. Ele estudou, formou-se em engenharia e abriu uma construtora. Deu tão certo que ele ficou milionário. Ele também deu um super presente para um amigo que fez aniversário por esses dias. Ele construiu uma casa de 500 metros quadrados na praia para ele.

O amigo que havia ido até o banheiro chegou e perguntou : - Qual é o assunto?- Estamos falando do orgulho que temos de nossos filhos.

- E o seu ?

O que ele faz ?

- Meu filho é garoto de programa, dorme o dia todo e ganha a vida fazendo a alegria dos boiolas.

E os amigos disseram :- Nossa que decepção para você !

Que nada, ele é meu orgulho ! É um grande sortudo !Ele fez aniversário semana passada e ganhou uma casa na praia com 500 metros quadrados, um avião 737 e uma Mercedes zerinho de presente de três viados.



SILÊNCIO GERAL
No primeiro dia, Deus criou a vaca e disse:


"Você deve, diariamente, ir ao campo com o fazendeiro, ficar Sob o sol, ter bezerros e dar leite para alimentar fazendeiro.

Eu lhe dou 60 anos de vida"



A vaca respondeu:

"É uma vida muito sacrificada para mim durante 60 anos.

Eu aceito 20 e devolvo os outros 40."

E Deus aceitou.



No segundo dia, Deus criou o cachorro e disse:

"Fique sentado todos os dias sob o sol,

Na frente da casa e lata para qualquer um que passar.

Eu lhe dou uma vida de 20 anos."



O cachorro disse:

"É uma vida muito longa para ficar latindo.

Dê-me 10 anos e eu devolvo os outros 10."

E Deus aceitou.



No terceiro dia, Deus criou o macaco e disse:"Divirta as pessoas, faça-as rir. Eu lhe concedo 20 anos."



O macaco disse:

"Fazer macaquice por 20 anos é muito chato. Para o cachorro o Sr. Concedeu 10 anos. Faça o mesmo comigo.."

E Deus concordou.



No quarto dia, Deus criou o homem e disse:

"Coma, durma, brinque, e não se preocupe com nada.

E lhe concedo 20 anos.



O homem respondeu:

"O quê? Só 20 anos? Que miséria.

Veja, eu pego os meus 20, os 40 que a vaca devolveu, Os 10 do macaco e os 10 do cachorro.

Isso faz 80 anos.



Está bem" -Deus respondeu. "Negócio fechado".



É Por isso que durante os 20 primeiros anos de nossa vida nós comemos, dormimos, brincamos ...

E não fazemos mais nada.



Nos 40 anos seguintes nós trabalhamos como uma vaca sob o sol para manter a família.



Nos outros 10 anos fazemos macaquices para distrair os netos.



E nos últimos dez anos ficamos sentados na frente da casa cuidando de todo mundo...





Boa semana a todos.












Piadas (besteirol)

É ANTIGA, MAS VALE REPETIR.....






O turco Salim chega ao banco e fala para o gerente: - Eu quer faze uma embréstimo!!!

Surpreso, o gerente pergunta para Salim:



- Você, Salim, querendo um empréstimo? De quanto?



- Uma real.



- Um real? Ah, isso eu mesmo te dou.



- NÃo, não! Eu querer embrestado da banco mesmo! Uma real!



-Bem, são 12% de juros, para 30 dias...



- Zem broblema! Vai dar uma real e doze zentavos. Onde eu assina?



- Um momento, Salim. O banco precisa de uma garantia. Sabe como é, são as normas.



- Bode begar meu Mercedes zerinha, que tá aí fora e deixai guardado no garagem da banco, até eu bagar a embréstimo. TÃo bom azim?



- Feito!!!



Chegando em casa, Salim diz para Josefa:



- Bronto, nóis já bode viajar bra Turquia zem breogubazon. Conzegui dexar a Mercedes num garagem do Banco do Brasil bor 30 dias, e eu só vai bagar doze zentavos de estacionamento.






Os homens distinguem-se pelo que fazem, as mulheres pelo que levam os homens a fazer. Carlos Drummond de Andrade


MEC: 23% de analfabetismo no campo


Enviado por luisnassif, seg, 31/10/2011 - 14:00

De O Globo.com



Campo tem analfabetismo em 23% e mais de 37 mil escolas fechadas

Karine Rodrigues (karine.rodrigues@oglobo.com.br)

Letícia Lins (leticia.lins@oglobo.com.br)

ESCADA (PE) e RIO - "Vai reformar?"; "Quando é que as aulas começam?"; "Vai ter 6 série?", pergunta, quase sem pausa, Heronildo José de Araújo, 11 anos, confundindo a equipe de reportagem com autoridades da prefeitura de Escada, município a 62 quilômetros da capital pernambucana. Ele vive em uma casa no Engenho Canto Escuro, em frente à Escola Municipal Tiradentes, um dos 37.776 estabelecimentos de ensino rurais do país que fecharam as portas nos últimos dez anos, segundo dados do Censo Escolar do Ministério da Educação (MEC).



Não gosto de viajar todos os dias para tão longe - reclama o menino, que sente enjoo no sacolejo do ônibus escolar e tem dois irmãos que também estudam muito distante de casa.



O número de escolas fechadas impressiona, mas está longe de ser o único dado que chama atenção na educação do campo, onde existem cerca de 80 mil estabelecimentos de ensino. Entre a população de 15 anos ou mais, a taxa de analfabetismo na zona rural chega a 23,3%, três vezes maior do que em áreas urbanas, e a escolaridade média é de 4,5 anos, contra 7,8 anos, mostra estudo de 2009 da socióloga Mônica Molina e mais dois especialistas para o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República.



- A ausência do Estado na garantia do direito à educação se traduz na precariedade da oferta. As alterações ocorridas nos últimos dez anos foram pequenas. Os professores são mal formados, não há infraestrutura e nem material pedagógico - avalia Mônica, professora da Universidade de Brasília (UnB).







Segundo ela, o fechamento das escolas, em geral, resulta de expansão do agronegócio e da nucleação - quando escolas de menor porte são extintas e os alunos, transferidos para unidades mais distantes e maiores. Mônica observa ainda que as diretrizes do setor dizem que a nucleação deve ser feita após os cinco anos iniciais do ensino fundamental e, preferencialmente, em escolas situadas também no campo, e não na área urbana.



Na opinião de Mônica, as políticas públicas para o campo precisam não só vincular o desenvolvimento à educação, mas garantir outros direitos:



- Ter acesso à terra é a primeira condição para o cidadão permanecer onde está e levar os filhos para a escola. O que está causando o fechamento das escolas não é só a nucleação. As áreas rurais estão sendo engolidas pela concentração fundiária. E os pais enfrentam de tudo para as crianças estudarem.



Que o diga José dos Santos, que foi morar na periferia de Escada para garantir o estudo dos filhos. Com o fechamento da Tiradentes, este ano, os dois filhos ficaram quatro meses sem aula.



- A escola era pequena, mas servia à comunidade. Tinha 14 alunos. Era pobre, não tinha luxo, mas fechar é muita perda - lamenta a mulher de José, Edna, que, assim como o marido, estudou somente até a 4 série e deseja bem mais para os filhos.



Com pós-doutorado em Educação, Eliane Dayse Furtado, da Universidade Federal do Ceará (UFC), também considera que a nucleação está por trás de boa parte do fechamento das escolas. Foi o que constatou ao percorrer 14 estados das cinco regiões do país em projetos de formação de educadores rurais. Na ocasião, também ouviu reclamações sobre precariedade do transporte escolar.



- Outro dia, em Redenção (CE), as crianças ficaram três semanas sem aula porque o único ônibus quebrou. E, quando chove, ele não passa - conta ela.



Professora da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Sonia de Jesus observa que, apesar dos problemas que comprometem a qualidade na educação do campo, quem mora na área rural quer frequentar a escola:



- Tem estabelecimentos sem banheiro, com paredes rachadas, sem material pedagógico. Mas, ainda assim, a população quer estudar. E há professores que, apesar dos problemas, fazem de tudo para dar aula.



Ednalva Cavalcanti, que hoje ensina 12 alunos, é assim, mas está desanimada, pois acha que a Escola Santa Rita, em Escada, está marcada para morrer: das três salas, duas estão fechadas.



- É triste ver o pessoal indo embora para dar lugar à cana - diz, informando que, em média, os alunos passam apenas três horas na escola, considerada uma das mais conservadas da área rural do município, pois tem alpendre, luz e água.



Entre 2007 e 2011, seis escolas municipais cerraram as portas em Escada, diz a secretária de Educação do município, Elizabeth Cavalcanti, explicando que a Tiradentes fechou por falta de alunos no Canto Escuro, onde O GLOBO computou, pelo menos, 20 moradias próximas:



- No engenho, só há quase adultos e adolescentes.



As três pesquisadoras ressaltam que a educação no campo é melhor nos assentamentos, por pressão e organização de movimentos sociais, como MST, que, recentemente, lançou a campanha "Fechar escola é crime".



O MEC informa que municípios, estados e DF recebem apoio técnico e financeiro por meio de várias ações e programas para educação do campo, onde estão quase 50% das escolas da educação básica do país, e diz que está elaborando um programa para implementar a Política de Educação do Campo. Destaca ainda que orienta para que a nucleação ocorra "quando realmente necessária", e dentro das diretrizes da área

Juros baixos x Yene valorizado


Enviado por luisnassif, seg, 31/10/2011 - 14:50

Autor: Daniel Miyagi

Juros baixos x Yene valorizado, consumo interno do Japão e exportações despencam

Com base da análise numa discussão que houve quando indaguei porque o consumo interno japonês não reage aqui no Luis Nassif, mais o debate que assisti semana passada no Centro de Convenções Lilia em Saitama, Japão, reproduzo algumas conclusões:

Na semana passada, assisti a um debate onde analistas econômicos no Centro de Convenções Lilia de Kawaguchi. Passo aqui , algumas das conclusões :



O caso do Japão é típico de um ciclo vicioso: os empresários não investem mais do que o suficiente para manter-se no mercado sem perder sua posição pois temem que não tenham demanda para seus produtos. Já as famílias vendo a economia estagnada não consomem por medo de desemprego e de não poder honrar suas dívidas, lembrando ainda que o Japão tem uma tradição natural de poupar e um conceito de honra muito grande.



Seus vizinhos chineses ao contrário, estão em um ciclo virtuoso, os empresários investem pois sabem que a economia cresce 9% há 10 anos e provavelmente terão demanda abundante e lucros, já as pessoas estão aumentando suas rendas descobrindo novos produtos de consumo e comprando cada vez mais. Assim a economia cresce continuamente, até porque o governo chinês investe bastante em tecnologia, inovação de processos e infraestrutura pra economia continuar crescendo sem criar gargalos...



A armadilha da liquidez refere-se à política monetária com juros perto de ou igual a zero, pois a autoridade monetária perde a capacidade de estimular o crescimento econômico através desse instrumento. Os atores econômicos deixam de fazer investimentos a longo prazo pois não terão retorno, o que agrava o quadro recessivo.

Muitos economistas, e acho que o Paul Krugman é um deles, consideram que o Japão possui uma tendência natural à estagnação devida ao descompasso entre poupança e investimento, cujas causas vão além da questão dos juros: envelhecimento da população, hábitos de consumo e poupança, exaustão das oportunidades de novos investimentos. Essa situação seria na interpretação desses analistas, decorrente do fantásticos crescimento econômico do Japão pós-guerra até os anos 90, isto é, o país teria alcançado um estágio tal de desenvolvimento econômico que não seria possível sua ampliação nos moldes convencionais.

O que ocorre com o Japão é uma espécie de "laboratório" no que tange ao futuro da economia capitalista se não refeitas suas bases. E uma delas, se não a principal, é a questão dos mercados.Sabe-se que esse pequeno(em tamanho)país desde o final da segunda-guerra escorou sua proposta de desenvolvimento econômico nas trocas com o exterior por não ter quase nenhum recurso natural. Daí a estratégia de investir pesadamente na educação com o propósito de estocar um capital intelectual apto para tocar para frente a manufatura de bens com alto valor agregado, caso da microeletrônica.



Mas aí aparecem as "pedras no caminho". Em seu entorno, os "tigres asiáticos" seguem-na e com isso passam a disputar também os mesmos mercados. Por último aporta a China com mão-de-obra farta e barata, fatores agregados a um patamar já competitivo em termos de tecnologia.



Assim, cada vez mais acirra-se a competitividade nesse mercado que por essência já é bastante restrito e exigente. Agora imaginemos esse impasse que ora ocorre com a economia japonesa em nível global? Se analisarmos todos os grandes conflitos bélicos na história da humanidade sempre teremos como causas subjacentes problemas econômicos, em especial a disputa por matérias-primas essenciais ou de mercados.

O descompasso entre poupança e investimento, é justamente a definição de armadilha de liquidez .A oferta de poupança é tão grande que, para que se equilibre com a demanda por investimento, se dá com taxas de juros negativas, uma abstração matemática. A única maneira de se equilibrar o jogo e botar a economia para rodar seria criando inflação. Mas isto é muito difícil: o banco do Japão está tentando fazer isto há duas décadas e não consegue.Pelo contrário: o perigo que ronda o Japão é o da deflação.Este mecanismo está se repetindo em muitas economias desenvolvidas, como os EUA agora.

Fora que um dos pilares da política econômica, que é a política de exportação, está gravemente abalado, as indústrias japonesas vem sofrendo cada vez mais com o yene valorizado.



Atualização: o dólar caiu na manhã desta segunda-feira (horário local), dia 31 de outubro ao nível mais baixo desde 1945 em relação ao iene (75,32 ienes), superando o recorde do pós-guerra (75,67 ienes), registrado na semana passada em Nova York.

Há um mês, o dólar não para de cair frente à moeda japonesa, em consequência dos altos e baixos da economia americana, e da crise da dívida dos países europeus. A desvalorização ameaça cada vez mais a reativação econômica no Japão.

EUA: funcionárias processam Walmart por discriminação


Enviado por luisnassif, seg, 31/10/2011 - 14:26

Por J. Roberto Militão



NASSIF,



UMA AÇÃO JUDICIAL REPARATÓRIA DE DISCRIMINAÇÕES movida por mulheres, funcionárias, CONTRA O ´WAL-MART´ nos EUA.



Eis um bom exemplo para o que serve a boa doutrina de Ações Afirmativas: a garantia da igualdade de tratamento e de oportunidades no cotidiano atual visando neutralizar, corrigir e reparar práticas discriminatórias correntes, sexista, racista, machista etc. Não tem nenhuma relação com ´reparações histórias´ em razão de práticas hediondas de antigas gerações mas com as discriminações no cotidiano.



Portanto ao contrário do que alegam os defensores de ´cotas raciais´ - um nefasto privilégio baseado em ´raças´- a doutrina do direito que autoriza a adoção de AA não se destina a criar privilégios ou vantagens.



A boa doutrina de AA visa assegurar a IGUALDADE de tratamento e de oportunidades. Assegurar igualdade não é o mesmo que criar privilégios, pois estes violam o princípio da dignidade humana do beneficiário.



abraços,



J. Roberto Militão,

advogado civilista,

ativista contra o racismo e a ´raça estatal´.



WAL-MART



MULHERES: NOVAS AÇÕES DE QUEIRA POR DISCRIMINAÇÕES PROFISSIONAIS CONTRA WAL-MART



Os advogados que representam as mulheres que alegou discriminação por WAL-MART entraram com uma ação judicial alterada quinta-feira estreitando suas reivindicações para as lojas da Califórnia do gigante do varejo. O processo, aberto no Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito Norte da Califórnia, alega as práticas discriminatórias contra mais de 90.000 mulheres em relação aos salários e promoção de emprego.



A ação está prevista para ser o primeiro de muitos casos contra a varejista discriminados por estado e região.Advogados para a Wal-Mart indicou o terno novo se baseia nas teorias mesmo expressamente rejeitada pelo Supremo Tribunal dos EUA. A nova ação visa salários atrasados para os funcionários do sexo feminino da Wal-Mart na Califórnia entre dezembro de 1998 e, pelo menos, Junho de 2004, bem como exigir pagamento não discriminatória e os critérios de promoções.



Em agosto, um juiz ordenou que um grupo de mulheres que procuram recuperar os danos do Wal-Mart deve apresentar suas ações por 28 de outubro de 2011. Em junho, os EUA Supremo Tribunal decidiu em Dukes v. Wal-Mart que o grupo que entrou com a alegação original não cumprir os requisitos para a certificação de classe.



O caso original foi apresentada em 2001 por mulheres Wal-Mart empregados que sustentou esse resultado do Wal-Mart políticas de âmbito nacional em salários mais baixos para mulheres do que homens em cargos semelhantes e já espera por promoções de gestão do que os homens. Wal-Mart recorreu ao Tribunal Supremo em agosto de 2010 depois que a Corte de Apelação dos EUA para o Nono Circuito manteve a certificação de classe, em abril desse ano. Um painel de três juízes do Nono Circuito originalmente decidiu contra o apelo do Wal-Mart da certificação classe em fevereiro de 2007, em seguida, emitiu um novo parecer em conjunto com a sua decisão em dezembro de 2007. Wal-Mart recorreu para o Nono Circuito, em 2005, argumentando que os seis autores de chumbo não eram típicos ou comuns da classe.



A classe certificada, que em 2001 foi estimado para compor mais de 1,5 milhões de mulheres, inclui todas as mulheres empregadas pela Wal-Mart em todo o país a qualquer momento após 26 de dezembro de 1998. Teria sido a ação maior ação de classe na história dos EUA.

(Publicado por Jurista - 28 de outubro de 2011

http://www.migalhas.com/mostra_noticia.aspx?cod=144285



Compartilhar Select ratingNota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5. Nenhum voto .

» Luis Nassif Online

China cria supercomputador com componentes próprios


Enviado por luisnassif, seg, 31/10/2011 - 14:37

Por Daniel Miyagi





China desenvolve supercomputador com componentes de fabricação própria

Seg, 31 de Outubro de 2011 11:31 Alexandre Costa Acessos: 41





al de Supercomputadores. Batizado de Sunway Bluelight, o supercomputador é 100% construído com componentes chineses inclusive o processador, o novo processador desenvolvido pelos chineses é chamado de SehnWei SW 1600, que segundo informações seria idêntico aos processadores Intel Core.



O engenheiro responsável pelo supercomputador disse que ele pode processar 1 quadrilhão de cálculos por segundo, que se for comprovado colocará o Sunway Bluelight na lista dos computadores mais rápidos do mundo. O Sunway é equipado com cerca de 8,7 mil processadores RISC de 64 bits, cada um deles com 16 núcleos.



O anúncio causou impacto na indústria e também em alguns governos, não pela velocidade, mas sim pelo fato de toda a arquitetura da máquina ter sido desenvolvido na China.



Analistas dizem que a China já demonstra um domínio da tecnologia e não depende mais de países como Japão e Estados Unidos para construir seus supercomputadores. Ainda de acordo com analistas, a indústria chinesa poderá entrar de cabeça no setor de informática disponibilizando máquinas super potentes, principalmente processadores, e poderá se tornar um grande competidor no mercado que hoje é dominado pela Intel, AMD e Nvidia.



Fonte: Exame









Alexandre Costa

Todas as mensagens do blogMeu blogAdicionar.A ficha corrida do "empresário" fonte da Folha


Postado por Luis Nassif em 16 setembro 2010 às 13:30

Exibir blog

.Por José Carlos Lima



Qualquer cidadão pode pesquisar os TRFs na internet, fui o que fiz para saber sobre o tal Rubnei Quicoli a fonte "confiável" da Folha. O tal Quicoli, mesmo tendo sido condenado e preso por vários crimes, reclama contra o BNDES pq o banco não le deu uma linha de crédito. O tal Quicoli aproveitou a onda denuncista para dizer na Folha que só não foi aprovado pelo BNDES pq o filho da Erenice Guerra não teria recebido uma propina para que o crédito para o larápio fosse aprovado. A Folha aproveitou a versão do larápio para estampar em sua capa "Filha de Erenice QUASE recebeu 5% de um processo em trâmite no BNDES", conforme notícia o Luis Nassif:



Não insiro o link agora pq o blog do Nassif está fora do ar desde o momento em que noticiou que a fonte da Folha acabou de sair da cadeia.



PROCESSO

2000.61.05.007953-1



ASSUNTO

Receptação (art. 180) - Crimes contra o Patrimônio - Direito Penal

DETALHE 1

Moeda Falsa/Assimilados (art. 289 e §§ e 290) - Crimes contra a Fé Pública - Direito Penal

DETALHE 2

Regime Inicial - Aplicação da pena - Parte Geral - Direito Penal

DETALHE 3

AÇÃO PENAL PÚBLICA (PROCEDIMENTO CRIMINAL COMUM)



AUTUAÇÃO

15.01.2002

APTE

RUBNEI QUICOLI

ADVG

ROGÉRIO BATISTA GABBELINI

APDO

Justica Publica



odas as Fases do Processo



DATA

DESCRIÇÃO

20.07.2010

BAIXA DEFINITIVA A SECAO JUDICIARIA DE ORIGEM GRPJ N. GR.2010143412 Destino: JUIZO FEDERAL DA 1 VARA DE CAMPINAS >5ªSSJ>SP

19.07.2010

RECEBIDO(A) GUIA NR. : 2010141535 ORIGEM : SUBSECRETARIA DA QUINTA TURMA

19.07.2010

REMESSA À DPAS PARA BAIXA DEFINITIVA VARA FEDERAL CRIMINAL INTERIOR - SP.

16.07.2010

TRANSITOU EM JULGADO O ACORDÃO PARA AS PARTES EM 12/07/2010.

15.06.2010

RECEBIDO(A) COM CIÊNCIA DO MPF

09.06.2010

REMESSA P/ CIÊNCIA DO ACÓRDÃO

11.05.2010

DISPONIBILIZADO NO DIÁRIO ELETRÔNICO ACORDÃO no dia 2010-5-11 . 8:30 (Boletim 1655/2010) [Abrir documento Documento publicado]

05.05.2010

INFORMAÇÃO RECEBIDO ACORDÃO

Todas as mensagens do blogMeu blogAdicionar.Drummond, "O Fazendeiro do Ar"


Postado por Conti-Bosso em 31 outubro 2011 às 13:09

Exibir blog

.



Carlos Drummond de Andrade em documentário de Fernando Sabino e David Neves. 1972. (no DVD Encontro Marcado Todos os direitos reservados)

Exibições: 3


Todas as mensagens do blogMeu blogAdicionar.desmontar a musa, 1


Postado por romério rômulo em 23 agosto 2011 às 17:29

Exibir blog

.1.

eu pego da amada os parafusos

e reconheço cada, nos seus usos.

jumelos, lambrequins e outras gentes

monto e desmonto os olhos e os dentes.



daí carrego a musa em meus arreios

pra assegurar os tanques e os freios.



a vida já virou uma caçada

quem sabe dos chassis da minha amada?



2.

vou remontá-la toda, em madrugada

numa poesia de dança e gargalhada.



romério rômulo
Extração ilegal de madeira cai 22% em todo mundo


Postado por Meio Ambiente em 15 julho 2010 às 20:30

Exibir blog

.DAYANA AQUINO



Da Redação - ADV











A atividade madeireira ilegal caiu 22% em todo o mundo nos últimos oito anos. O feito é resultado das ações e posicionamento dos produtores, governos e sociedade civil em relação ao extrativismo ilegal, de acordo com o estudo elaborado pela instituição inglesa Chatham House, divulgado nesta quinta-feira (15/7). O levantamento é anunciado uma semana após a União Européia anunciar o marco legal para o combate de importação de madeira ilegal, com severas medidas de punição e exigência de documentos que comprovem a procedência da madeira e os responsáveis por cada elo do setor.









De acordo com o documento “Illegal Logging and Related Trade: Indicators of the Global Response”, a queda na exploração ilegal de madeira no Camarões foi de 50%, na Amazônia Brasileira, ficou entre 50 e 75%, e

na Indonésia o recuo foi de 75%. Os três países lideraram o ranking de redução da atividade ilegal, o que, em termos de território, equivale a 17 milhões de hectares, o correspondente a uma área superior a da Inglaterra e o País de Gales juuntos. Essa redução ajudou a impedir a liberação e até 14,6 bilhões de toneladas de dióxido de carbono. Segundo a Chatham House, o levantamento é o mais minucioso já feito sobre o tema.









De acordo com Sam Lawson, um dos autores do relatório, até um bilhão de pessoas mais pobres em todo o mundo dependem das florestas, e as reduções na extração ilegal de madeira estão ajudando a proteger seus meios de subsistência. Ele complementa que o estudo mostra como o interesse dos consumidores

e a pressão combinada com a ação dos países produtores pode render resultados muito positivos.









O próprio documento ressalta ter abordado todos os aspectos econômicos da madeira, desde sua partida dos principais países produtores, como Brasil, Indonésia, Camarões, Malásia e Gana, até sua entrada nos cinco maiores mercados consumidores, Estados Unidos, Japão, Reino Unido, França e Holanda. Também foram analisadas as fábricas de transformação da China e Vietnã, que com exigências frágeis, despacham para demais países produtos a base de madeira ilegal.









Mesmo com a expressiva queda, a extração de madeira ilegal ainda é um grande problema.alerta a instituição . Dentre os problemas apontados no estudo estão a emissão ilegal de licenças para plantações agrícolas ou

licenças para exploração registradas fora da área concedida. Em 2009, um total de 100 milhões de metros cúbicos de madeira ilegal foi recolhido nos cinco principais países produtores avaliados no estudo.







"Se colocados lado a lado a madeira ilegal que rodeiam o mundo mais de dez vezes mais", segundo Larry MacFaul, também autor do relatório.









De acordo com a Chatham House, embora a aplicação dos regulamentos e das políticas necessárias em países produtores ainda sejam frágeis, uma série de melhorias significativas em forma de Leis e

regulamentação já estão em andamento. Um dos exemplos é o resultado da negociação de Acordos Voluntários de Parceria com os Estados Unidos, que já tiveram sua eficácia comprovada, de acordo com o relatório. Além disso, em 2008, os EUA se tornou o primeiro país a implementar legislação para lidar com madeira extraída ilegalmente. Há indicações de que a nova lei já está colocando pressão sobre os

produtores e processadores de madeira ao redor do mundo, diz o instituto.









.Dia D Drummond


Postado por daniel em 31 outubro 2011 às 14:31

Exibir blog

.Aceitando o convite do Instituto Moreira Sales, a equipe do Colégio José Marcondes, em Laranjeiras do Sul - PR, fez um vídeo lendo a Poesia Conversa, de Carlos Drummond de Andrade.







Convido vocês a visitarem o blog e visualizar essa homenagem:







http://dadosecki.blogspot.com











Até mais!

Brasilianas.org com o físico Rex Nazaré


Enviado por luisnassif, seg, 31/10/2011 - 10:38

Da Agência Dinheiro Vivo





O Brasilianas.org desta segunda-feira (31), as 22h, recebe um convidado especial, o físico Rex Nazaré. Doutor em física pela Universidade de Paris e especialista em energia nuclear, Rex Nazaré foi chefe do Departamento de Tecnologia da Agência Brasileira de inteligência (ABIN) e presidente da CNEN – Comissão Nacional de Energia Nuclear – e, atualmente ocupa o cargo de diretor de Tecnologia da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro, a Faperj.



Os fatos históricos são a matéria-prima da conversa entre Luis Nassif e Rex – considerado um dos mais importantes físicos da história do desenvolvimento da energia nuclear brasileira. Utilizada tanto para fins pacíficos, como a geração de energia, quanto para fins bélicos, no Brasil a pesquisa com tecnologia nuclear começou com estudos do Almirante Álvaro Alberto, que culminaram na criação do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq).



A selvageria na morte de Quércia


Enviado por luisnassif, seg, 31/10/2011 - 13:36

Por maria utt

Comentário do post "Selvageria contra Lula foi "ensinada" pela imprensa"



Nassif, coloquei o seguinte comentário lá no post sobre a selvageria contra o Lula. Acho que é um bom momento pra fazermos uma autocrítica:



Olha só o que garimpei no post da morte do Quércia. Que tal darmos uma olhada no espelho? Reparem que os comentários pedindo ponderação recebem notas baixas. Somos tão diferentes assim como gostaríamos que fôssemos?



"Nassif, Suas colocações, neste post, a mim parecem com aquelas protocolares que o Lula publicou. Nós, pobres mortais, não temos esse dever de ofício. Então, deixe de ser chato e deixa a gente malhar o judas antecipadamente."



"Já vai tarde!"





"Mais um que não vai deixar saudades!!Satanás deve estar felicíssimo com mais esta aquisição. Com todo respeito! Foi tarde!!" R.: "Parabens pela sua lucidez e falta de cinismo ou hipocrisia, que campeiam no "social" do blog.....politico corrupto bom, é politico morto...."





"... e assim vamos enterrando estes vermes Politicos Paulistas."



"Digo apenas o seguinte: OBRIGADO, PAPAI NOEL!! Achei que você não existisse, mas este foi um dos melhores presentes que já ganhei!!! Mas olha lá, ainda ficaram alguns, hein?A Quércia, desejo apenas que a terra seja pesada e muito bem pisada e, se contra todas as evidências existir um inferno semelhante ao que Dante descreveu, que ele passe a eternidade sendo alvo dos piores castigos, amém."



"Brasileiros, regozijai-vos, !!!!"



A agressão à repórter da Globo


Enviado por luisnassif, seg, 31/10/2011 - 13:52

Início » A resposta da Turma do Chapéu Re: A resposta da Turma do ChapéuRe: A resposta da Turma do Chapéu seg, 31/10/2011 - 13:33 — FranX Eu já tinha ouvido falar. kkkkkkkkkkkkkkkkk
ஜ Moderação ஜ
















ஜ Moderação ஜ





















 
ஜ Moderação ஜ
















ஜ Moderação ஜ
















ஜ Moderação ஜ
















ஜ Moderação ஜ
















ஜ Moderação ஜ
















29 jun

ஜ Moderação ஜ
ஜ Moderação ஜ
















29 jun


ஜ Moderação ஜ















A palavra mágica




Certa palavra dorme na sombra

de um livro raro.

Como desencantá-la?

É a senha da vida

a senha do mundo.

Vou procurá-la.



Vou procurá-la a vida inteira

no mundo todo.

Se tarda o encontro, se não a encontro,

não desanimo,

procuro sempre.



Procuro sempre, e minha procura

ficará sendo

minha palavra.



Carlos Drummond de Andrade
Ciência




Começo a ver no escuro

um novo tom

de escuro.



Começo a ver o visto

e me incluo

no muro.



Começo a distinguir

um sonilho, se tanto,

de ruga.



E a esmerilhar a graça

da vida, em sua

fuga.



Carlos Drummond de Andrade

um quarto, o mar ao fundo




um quarto, o mar ao fundo

e muito além

(transpostas as ondas)

a morna respiração da manhã

desabando sobre os campos



amei

lembro-me que amei

e a angústia de ter amado tanto

dói como um segredo revelado



que me devorem as lembranças

pois amei, sim

cada instante



amei tanto

que deixei minha alma estendida sobre a cama

sem ao menos perguntar

se haverias de querê-la presa,

junto à tua,

naquele quarto, o mar ao fundo.



Sergio Ornellas
Dupla delícia: o livro traz a vantagem


de a gente poder estar só e ao

mesmo tempo acompanhado.



[Mario Quintana]
Buscas a perfeição? Não sejas vulgar.


A autenticidade é muito mais difícil.



Mario Quintana

Inscrição na Areia




O meu amor não tem

importância nenhuma.

Não tem o peso nem

de uma rosa de espuma!



Desfolha-se por quem?

Para quem se perfuma?



O meu amor não tem

importância nenhuma.



Cecília Meireles
Tempo e Olfato




Que me quer este perfume?

Nem sequer lhe sei o nome.



Sei que me invade a narina

como incenso de novena.



Que me passeia no corpo

como os dedos tangem harpa.



E me devolve ao pretérito

e a um ser de lava, quimérico,



ser que todo se esvaía

pela porta dos sentidos,



e do mundo, em que saltava,

qual dum espelho lascivo,



retirava a própria imagem

na pura graça da origem...



Cheiro de boca? de casa?

de maresia? de rosa?



Todo o universo: hipocampo

no mar celeste do Tempo.



CarlosDrummond de Andrade



Pequena Luz


O meu passado

é tudo quanto não

consegui ser.

Nem as sensações

de momentos idos

me são saudosas:

o que se sente exige o momento;

passado este,

há um virar de página

e a história continua,

mas não o texto.



Fernando Pessoa

domingo, 30 de outubro de 2011

Don Sepulveda


O ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, foi diagnosticado com um tumor localizado de laringe, segundo comunicado publicado no site do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Após exames realizados neste sábado, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. "O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial", afirma o hospital. A equipe médica que assiste o ex-presidente é coordenada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto...



‎" As vezes ouço passar o vento: e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido" Fernando Pessoa
SOB O SOL – Paul Valéry - tradução: Augusto de Campos




Sob o sol em meu leito após a água - Sob o sol e sob o reflexo enorme do sol sobre o mar, sob a janela, sob os reflexos e os reflexos dos reflexos do sol e dos sóis sobre o mar nos vidros, após o banho, o café, as idéias, Nu sob o sol em meu leito todo iluminado Nu - só - louco - Eu


Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela.

Paulo Coelho

Dulce Antunes


‎(..)As oliveiras dispunham-se em linhas horizontais ao longo da planície escarpada, pela mão do povo que as colhia, como quem colhe pérolas e raridades incontáveis. Pelo parco salário, colhiam da terra como um filho colhe beijos da mãe, hoje o olival amadurece sob o calor do sol, hoje cedem os galhos pelo peso do fruto, e ainda assim oferecem a suas pérolas, na planície onde ninguém vai, mas elas..., as árvores, não conhecem a solidão, não sabem que apenas o vento lhes toca, e que as mãos que em tempos lhe sacudiam os ramos, estão hoje mortas, elas simplesmente permanecem, férteis, fecundas, impenetráveis e indestrutíveis, na serenidade da paisagem. (...)



Lindooooooooo, Cachorra morre e menina de quatro anos escreve para Deus














Cachorra morre e menina de quatro anos escreve para Deus











Não se sabe quem respondeu, mas existe uma belíssima alma trabalhando no arquivo morto dos correios americanos.Tenho certeza de que não foi dos correios daqui de Crossville.

Abbey, nossa cadelinha de 14 anos morreu no mês passado. No dia seguinte a seu falecimento, minha filha de 4 anos, Meredith, chorava e comentava sobre a saudade que sentia de Abbey. Ela perguntou se poderia escrever uma carta para Deus para que, assim que Abbey chegasse ao céu, Deus a reconhecesse. Eu concordei, e ela ditou as seguintes palavras:

Querido Deus.



O Senhor poderia tomar conta da minha cadela? Ela morreu ontem e está ai no céu com o Senhor. Estou com muitas saudades dela. Fico feliz porque o Senhor deixou ela comigo mesmo que ela tenha ficado doente. Espero que o Senhor brinque com ela.Ela gosta de nadar e de jogar bola. Estou mandando uma foto dela para que assim que a veja, o Senhor saberá logo que é a minha cadela. Eu sinto muita saudade dela.Meredith

Pusemos num envelope a carta com uma foto de Abbey com Meredith e a endereçamos: Deus - Endereço: Céu. Também pusemos nosso endereço como remetente. Então Meredith colou um monte de selos na frente do envelope, pois ela disse que precisaria de muitos selos para a carta chegar até o céu. Naquela tarde ela colocou a carta numa caixa do correio. Dias depois ela perguntou se Deus já tinha recebido a carta. Respondi que achava que sim.

Ontem havia um pacote embalado num papel dourado na varanda de nossa casa, endereçado a Meredith numa caligrafia desconhecida. Dentro havia um livro escrito por Mr. Rogers, intitulado "Quando um animal de estimação morre". Colada na capa interna do livro estava a carta de Meredith. Na outra página, estava a foto das duas com o seguinte bilhete:

Querida Meredith,A Abbey chegou bem ao céu. A foto ajudou muito e eu a reconheci imediatamente.Abbey não está mais doente. O espírito dela está aqui comigo assim como está no seu coração. Ela adorou ter sido seu animal de estimação. Como não precisamos de nossos corpos no céu, não tenho bolso para guardar a sua foto. Assim, a estou devolvendo dentro do livro para você guardar como uma lembrança da Abbey. Obrigado por sua linda carta e agradeça a sua mãe por tê-la ajudado a escrevê-la e a enviá-la pra mim. Que mãe maravilhosa você tem!! Eu a escolhi especialmente pra você. Eu envio minhas bençãos todos os dias e lembro que amo muito vocês. A propósito, sou fácil de encontrar: estou em todos os lugares onde exista amor.Com amorDeus
**


POR DENTRO DO CÉREBRO





Parte da entrevista rev. PODER, ao neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho,

abaixo,

quando lhe foi perguntado:



O que fazer para melhorar o cérebro ?

***Resposta:



*Você tem de tratar do espírito.

Precisa estar feliz, de bem com a vida, fazer exercício.



Se está deprimido, com a autoestima baixa , a primeira coisa que acontece é

a memória ir embora.

90% das queixas de falta de memória são por depressão, desencanto,

desestímulo.



Para o cérebro funcionar melhor, você tem de ter motivação.

Acordar de manhã e ter desejo de fazer alguma coisa, ter prazer no que está

fazendo

e ter a autoestima no ponto.

****

PODER: Cabeça tem a ver com alma?



PN: Eu acho que a alma está na cabeça. Quando um doente está com morte

cerebral,

você tem a impressão de que ele já está sem alma... Isso não dá para

explicar,

o coração está batendo, mas ele não está mais vivo.





PODER: O que se pode fazer para se prevenir de doenças neurológicas?



PN: Todo adulto deve incluir no check-up uma investigação cerebral.

Vou dar um exemplo: os aneurismas cerebrais têm uma mortalidade de 50%

quando rompem,

não importa o tratamento. Dos 50% que não morrem, 30% vão ter uma sequela

grave:

ficar sem falar ou ter uma paralisia. Só 20% ficam bem.

Agora, se você encontra o aneurisma num checkup, antes dele sangrar,

tem o risco do tratamento, que é de 2%, 3%. É uma doença muito grave,

que pode ser prevenida com um check-up.

****

PODER: Você acha que a vida moderna atrapalha?



PN: Não, eu acho a vida moderna uma maravilha. A vida na Idade Média era um

horror.

As pessoas morriam de doenças que hoje são banais de ser tratadas.

O sofrimento era muito maior. As pessoas morriam em casa com dor.

Hoje existem remédios fortíssimos, ninguém mais tem dor.

****

PODER: Existe algum inimigo do bom funcionamento do cérebro?



PN: O exagero.

Na bebida, nas drogas, na comida.

O cérebro tem de ser bem tratado como o corpo. Uma coisa depende da outra.

É muito difícil um cérebro muito bem num corpo muito maltratado, e

vice-versa.





PODER: Qual a evolução que você imagina para a neurocirurgia?



PN: Até agora a gente trata das deformidades que a doença causa,

mas acho que vamos entrar numa fase de reparação do funcionamento cerebral,

cirurgia genética, que serão cirurgias com introdução de cateter, colocação

de partículas de nanotecnologia, em que você vai entrar na célula, com

partículas que

carregam dentro delas um remédio que vai matar aquela célula doente.

Daqui a 50 anos ninguém mais vai precisar abrir a cabeça.





PODER: Você acha que nós somos a última geração que vai envelhecer?



PN: Acho que vamos morrer igual, mas vamos envelhecer menos.

As pessoas irão bem até morrer. É isso que a gente espera.

Ninguém quer a decadência da velhice.

Se você puder ir bem de saúde, de aspecto, até o dia da morte, será uma

maravilha.





PODER: Hoje a gente lida com o tempo de uma forma completamente diferente.

Você acha que isso muda o funcionamento cerebral das pessoas?



PN: O cérebro vai se adaptando aos estímulos que recebe, e às necessidades.



Você vê pais reclamando que os filhos não saem da internet, mas eles têm de

fazer isso porque o cérebro hoje vai funcionar nessa rapidez.

Ele tem de entrar nesse clique, porque senão vai ficar para trás.

Isso faz parte do mundo em que a gente vive e o cérebro vai correndo atrás,

se adaptando.

****

PODER: Você acredita em Deus?

**PN: Geralmente depois de dez horas de cirurgia, aquele estresse,

aquela adrenalina toda, quando acabamos de operar, vai até a família e diz:

"Ele está salvo".

Aí, a família olha pra você e diz:

"Graças a Deus!".

Então, a gente acredita que não fomos apenas nós





















****

**

******


POR DENTRO DO CÉREBRO





Parte da entrevista rev. PODER, ao neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho,

abaixo,

quando lhe foi perguntado:



O que fazer para melhorar o cérebro ?

***Resposta:



*Você tem de tratar do espírito.

Precisa estar feliz, de bem com a vida, fazer exercício.



Se está deprimido, com a autoestima baixa , a primeira coisa que acontece é

a memória ir embora.

90% das queixas de falta de memória são por depressão, desencanto,

desestímulo.



Para o cérebro funcionar melhor, você tem de ter motivação.

Acordar de manhã e ter desejo de fazer alguma coisa, ter prazer no que está

fazendo

e ter a autoestima no ponto.

****

PODER: Cabeça tem a ver com alma?



PN: Eu acho que a alma está na cabeça. Quando um doente está com morte

cerebral,

você tem a impressão de que ele já está sem alma... Isso não dá para

explicar,

o coração está batendo, mas ele não está mais vivo.





PODER: O que se pode fazer para se prevenir de doenças neurológicas?



PN: Todo adulto deve incluir no check-up uma investigação cerebral.

Vou dar um exemplo: os aneurismas cerebrais têm uma mortalidade de 50%

quando rompem,

não importa o tratamento. Dos 50% que não morrem, 30% vão ter uma sequela

grave:

ficar sem falar ou ter uma paralisia. Só 20% ficam bem.

Agora, se você encontra o aneurisma num checkup, antes dele sangrar,

tem o risco do tratamento, que é de 2%, 3%. É uma doença muito grave,

que pode ser prevenida com um check-up.

****

PODER: Você acha que a vida moderna atrapalha?



PN: Não, eu acho a vida moderna uma maravilha. A vida na Idade Média era um

horror.

As pessoas morriam de doenças que hoje são banais de ser tratadas.

O sofrimento era muito maior. As pessoas morriam em casa com dor.

Hoje existem remédios fortíssimos, ninguém mais tem dor.

****

PODER: Existe algum inimigo do bom funcionamento do cérebro?



PN: O exagero.

Na bebida, nas drogas, na comida.

O cérebro tem de ser bem tratado como o corpo. Uma coisa depende da outra.

É muito difícil um cérebro muito bem num corpo muito maltratado, e

vice-versa.





PODER: Qual a evolução que você imagina para a neurocirurgia?



PN: Até agora a gente trata das deformidades que a doença causa,

mas acho que vamos entrar numa fase de reparação do funcionamento cerebral,

cirurgia genética, que serão cirurgias com introdução de cateter, colocação

de partículas de nanotecnologia, em que você vai entrar na célula, com

partículas que

carregam dentro delas um remédio que vai matar aquela célula doente.

Daqui a 50 anos ninguém mais vai precisar abrir a cabeça.





PODER: Você acha que nós somos a última geração que vai envelhecer?



PN: Acho que vamos morrer igual, mas vamos envelhecer menos.

As pessoas irão bem até morrer. É isso que a gente espera.

Ninguém quer a decadência da velhice.

Se você puder ir bem de saúde, de aspecto, até o dia da morte, será uma

maravilha.





PODER: Hoje a gente lida com o tempo de uma forma completamente diferente.

Você acha que isso muda o funcionamento cerebral das pessoas?



PN: O cérebro vai se adaptando aos estímulos que recebe, e às necessidades.



Você vê pais reclamando que os filhos não saem da internet, mas eles têm de

fazer isso porque o cérebro hoje vai funcionar nessa rapidez.

Ele tem de entrar nesse clique, porque senão vai ficar para trás.

Isso faz parte do mundo em que a gente vive e o cérebro vai correndo atrás,

se adaptando.

****

PODER: Você acredita em Deus?

**PN: Geralmente depois de dez horas de cirurgia, aquele estresse,

aquela adrenalina toda, quando acabamos de operar, vai até a família e diz:

"Ele está salvo".

Aí, a família olha pra você e diz:

"Graças a Deus!".

Então, a gente acredita que não fomos apenas nós





















****

**

****

**

**

****


**

**

****

Piadas

Amigos(as);


Isso é que é poder de síntese!

Abçs





*O índio vai ao cartório e o funcionário pergunta: - Em que posso ajudá-lo senhor?

- Índio querer mudar de nome.

- Mas senhor, os nomes indígenas são parte de suas raízes culturais. Tem certeza que deseja mudá-lo?

- Sim! Índio ter certeza. Índio não vê mais sentido em ter esse nome…

- Bom, sendo assim… Qual é o seu nome atual?* * *

*- Grande Nuvem Azul Que Leva Mensagem Para Outro Lado Da Montanha e Do Mundo.*

- E como o senhor deseja se chamar?

- E-mail !*
Lá longe


ao Sol

estão as

minhas maiores

aspirações

posso não as

conseguir mas

posso olhar-las

e ver a

sua beleza

nelas e

tentar

segui-las







Certas palavras podem dizer muitas coisas;


Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;

Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;

Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho;

Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;

Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,

Assim como você, que deixarão belas lembranças para todo o sempre.



Vinícius de Morais

Saudades



Tenho saudades

do tempo em que

o mundo era pequeno.



Era só ali.



E eu cabia nos ramos

das acácias



e não sabia do longe que existia.



só do perto

que sentia.



Andrea Paes
Devolve toda a tranqüilidade


Toda a felicidade

Que eu te dei e que perdi

Devolve todos os sonhos loucos

Que eu construi aos poucos

E te ofereci

Devolve, eu peço, por favor

Aquele imenso amor

Que nos teus braços esqueci

Devolve, que eu te devolvo ainda

Esta saudade infinda

Que eu tenho de ti!



Mario Lago
Devolve toda a tranqüilidade


Toda a felicidade

Que eu te dei e que perdi

Devolve todos os sonhos loucos

Que eu construi aos poucos

E te ofereci

Devolve, eu peço, por favor

Aquele imenso amor

Que nos teus braços esqueci

Devolve, que eu te devolvo ainda

Esta saudade infinda

Que eu tenho de ti!



Mario Lago

Cantiga



A vida é linda,

mesmo doendo

nos desencontros

e despedidas,

mesmo sangrando

em malogrados,

áridos hortos,

searas maduras

de sofrimento.

Chegar ao porto

da vida finda

cantando sempre,

sonhando ainda.



Helena Kolody29/12/09

๑•ิ.•ัღRosemary


Como não me apaixonar

não me render,

não me entregar,

não me completar

com tudo que é você;

que me rouba o pensamento,

que me deu meu melhor momento,

que tem me ensinado o que

eu não sei do verbo amar.



Cáh Morandi

É preciso morder e saborear devagar...

O mundo é delicioso!

Quantos sabores ele tem!

O mundo tem o sabor de cereja,

do vento, da água , do caqui, da pimenta...

O escritor sagrado era sábio e experiente:

"Há mel debaixo da sua língua..."

Sentir o sabor é uma forma de fazer amor com o mundo..



Rubem Alves
Atrás de meus olhos dorme uma lagoa profunda e o céu que trago na mente, meu vôo jamais alcança. Há no meu corpo um incêndio que queima sem esperança. A própria terra que piso vira um abismo e me come. Corre no meu sangue um veneno. Veneno que tem teu nome.




Ferreira Gullar

Eu tenho uma espécie de dever,o dever de sonhar,

de sonhar sempre,

pois sendo mais do que um espectador de mim mesmo,

eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.

E assim me construo a ouro e sedas em salas supostas,

invento palco, cenário,

para viver o meu sonho, entre luzes brandas

e músicas invisíveis.



Fernando Pessoa

"Acho que hoje em especial

preciso de um abraço,

um afago cheio de mimo...

Hoje quero sentir o amor

invadir minha alma solitária,

e ter a certeza que buscar seu

amor ainda vale a pena... "



Luna Lua

Sonha

Inventa um alfabeto

De ilusões...

Um a-bê-cê secreto

Que soletres à margem das lições...

Voa pela janela

De encontro a qualquer sol

que te sorri!

Asas? Não são precisas:

Vais ao colo das brisas,

Asas da fantasia...



Miguel Torga

Abra seu coração...

Tire as mágoas,

Jogue fora as tristezas,

Deixe somente doces lembranças

E faça um lugarzinho

Pra acolher as belezas

Que a vida te reserva.

Tenho certeza

Que a ternura vai fluir.

Teu coração renovado

Será fonte de alegria,

E será maravilhoso te ver sorrir.



Letícia Thompson
RABISCOS




" Palavras ausentes

Pensamentos sem destino.

Se hoje escrevo

É imposição do tempo

Das noites vazias.

Hoje não me sinto sentir,

Tudo chega inconstante.

Neste meu versejar

Nascem sonhos sem donos

Que se diluem sem rimar.

No final de cada verso

Não sou as palavras que escrevo

Nem as lágrimas

Que salgam a solidão"


Talvez não ser,

é ser sem que tu sejas,

sem que vás cortando

o meio dia com uma

flor azul,

sem que caminhes mais tarde

pela névoa e pelos tijolos,

sem essa luz que levas na mão

que, talvez, outros não verão

dourada,

que talvez ninguém

soube que crescia

como a origem vermelha da rosa,

sem que sejas, enfim,

sem que viesses brusca, incitante

conhecer a minha vida,

rajada de roseira,

trigo do vento,



E desde então, sou porque tu és

E desde então és

sou e somos...

E por amor

Serei... Serás...Seremos...



(Pablo Neruda)

João Pataro

O HOMEM CAMINHOFÓBICO




“...e este viver que agora tenho na carne, tenho-o pela fé no Filho de Deus, que me amou, e a Si mesmo se entregou por mim”.



Houve um viver-existir na carne para Paulo. E, sinceramente, Paulo deve ter sido um sujeitinho insuportável antes de encontrar Aquele que Vive.



Sim! Seu surto era tamanho que ele julgava poder ser a severidade de Deus encarnada em ódio e perseguição a todos os que eram do Caminho.



Saulo, se islâmico fosse hoje, não teria deixado espaço para o Bin Laden ser o “Bin Laden”. Com certeza teríamos o Bin Saulo. Esse era o nível da loucura.



“Respirava ameaças...” contra os do Caminho.



A expressão que Lucas usa em Atos a fim de descrever o estado de espírito de Paulo, ainda Saulo, em relação ao Caminho, era a de uma besta raivosa e faminta desejando tragar discípulos.



Ele andava resfolegante de ódio seduzido por algo que ele odiava por pavor de amar.



Por isso queria eliminar aquele fascínio que, por exemplo, corrompera seu primo Barnabé, que vendera uma propriedade e doara os recursos para as necessidades dos do Caminho.



Há quem ache que a conversão de Barnabé pode ter sido o que faltava para fazer de Saulo o pitbul caminhofóbico no qual ele se tornara.



Entretanto, a descrição que ele faz de si mesmo, dizendo que se haviam razões para alguém se gloriar na carne, ele as tinha de sobra: hebreu de hebreus, da tribo de Benjamin, fariseu por escolha de radicalidade, e perseguidor da Igreja de Deus com os ânimos de um campeão da verdade tateando cego em seu ódio apaixonado — revelam seu espírito e sua vida na carne antes de Jesus nele.



Quem odeia demais está pra se entregar!



Disse ele:



“Transbordou a Graça”, como uma represa arrebentada... — disse ele escrevendo a Tito.



“De Trevas houve luz!” — contou ele aos discípulos em Corinto o significado de “início do mundo” que sua conversão carregava para ele. Antes sem forma e vazio de amor. Então Deus diz: “Haja Luz”. E houve Paulo!



“Fui arrancado em trauma, como um nascido fora de tempo” — conta ele numa outra ocasião aos de Corinto também.



Um viver... Saulo.



Outro viver... Paulo.



De perseguidor a perseguido...



De inquisidor a inquirido...



De fariseu a discípulo da Graça...



De etnicista a um vira-lata do amor por todos os homens...



De seguidor da Lei da morte em caminhante na Lei do Amor...



De total justiça-própria à absoluta dependência e confiança na justiça da Cruz...



De blasfemador oficial contra o Caminho a sacrifício vivo e agradável a Deus enquanto sofria com os que antes matava...



De fera faminta, acuada e raivosa..., em homem despojado e que se entregava aos homens em amor.



Saulo era o homem possível... — sendo o que era.



Paulo se tornou o homem impossível... — tornando-se quem se tornou.



Sim! Quem imaginaria tal coisa?



Imagine. Pense na pessoa mais hostil à Graça de Deus e ao Caminho do Evangelho que você conhece. Pensou? Pode vê-lo (a) pregando a Graça com mais intensidade de amor do que você o vê hoje em intensidade de ódio?



Muitos nomes vieram à sua mente?



Agora imagine os ser mais impossível... Sim! impossível por ser possível demais como ente existente — existe de modo insuportável para muitos; porém, inegável.



Imaginou?



Ora, tal pessoa é ainda o gandula da arena na qual Saulo era a fera de tudo e todos!



Jesus escolheu o pior... o impossível.



Saulo era possível como Saulo, mas como Paulo ele era uma total impossibilidade para a imaginação de todos — por isso, os judeus amigos de antes o perseguiam, e os discípulos antes por ele perseguidos nele não criam.



“Eu vou mostrar a você o quanto importa sofrer pelo meu nome!” — disse Jesus a ele.



Um viver... Outro viver...



Agora... — descrido, oprimido aonde ia, seguido por cães raivosos, molestado pelos que se dedicavam à causa da fimose [circuncisão] como salvação, traído muitas vezes, desconhecido, ignorado, e desprezado; enquanto as ações dos que sobre ele incidiam declaravam a ele, pelo ódio, o mesmo tipo de angustia que antes o habitava.



Agora... — de campeão da lei se torna o “supremo transgressor” dela, não porque a transgredisse, mas porque dela não precisava para mais nada, pois, descobrira que somente o amor cumpre a lei sem justiça-própria.



Agora... — nada mais lhe interessa além do Evangelho de Deus que lhe fora confiado como bom deposito a ser aberto em todas as cidades, guetos e praças do mundo... E distribuído de Graça.



Agora... — quanto mais serve, mais acidentes lhe acontecem..., mas ele nunca pára. Por amor a Jesus nem “deus”, nem o “destino”, nem a “ira”, e nem a “justiça divina” o param em nada — pois, para ele, todo acidente era desígnio de Jesus: um novo lugar para o “Boy de Deus” levar recado de amor aos homens, como aos maravilhosos “bárbaros” de Malta.



Sim! É o tal viver que agora ele tem na carne, no corpo, no ser que se movia ante a percepção geral, que o põe adiante contra todo desprezo, perseguição, indiferença, traições, e ataques de morte, dos homens e do diabo.



Ele simplifica: “... esse viver... vivo-o pela fé no Filho de Deus que me amou...”





É vida movida a amor!



Sim! Amor — o único combustível existencial

sábado, 29 de outubro de 2011

Blog de Ernesto Castanha

Sentir a vida


correr vive-la

em cada

momento com

vagar como

a beber cada

minuto que

passa leve e

breve como o

vento mas

senti-lo

intensamente

qual chama que nos

abraça ou

nos gela

de repente

viver e

sentir a vida

num presente

logo no

passado num

futuro que se

sente e se adivinha

sonhando sonho que é

realidade

porque só vive

quem sente

por um minuto

que seja o

bem o mal

a bondade de

que é feita a

humanidade









Piadas (Besteirol) Blog de Ernesto Castanha














O marido, nu, olha-se no espelho e diz para a esposa:

- Estou tão feio, gordo, careca, com rugas , acabado!

Preciso de um elogio...



A esposa responde:



- A sua visão está ótima!!!





Blog de Ernesto Castanha

ALERTA


-A Nestlé está a pedir que todos devolvam os FOOD BEBÊ BANANA ( Papinha), com validade até 2012 - Código de barras 7613033089 73, porque podem conter VIDRO. Mesmo que não sejas mãe/pai, por favor repassa esta mensagem, porque ela pode salvar a vida de uma criança!!

Blog do Luis Nassif

Professora da PUC-SP Rita Alves. Fonte: Acampa Sampa




A docente explicou que, atualmente, os espaços públicos se transformaram em apenas espaços de passagens que não favorecem as relações entre pessoas, sendo que “a ocupação feita dessa maneira [se referindo às acampadas de Wall Street, Londres e São Paulo] significa uma resistência a essa tendência contemporânea de transformação dos espaços públicos em não lugares”.



Sobre a ideia de formação de uma universidade livre, Rita analisou que, nos últimos séculos, a atividade do professor em sala de aula não acompanhou a evolução da sociedade humana.



“Se um médico do século XIX entrasse hoje numa sala de cirurgia, provavelmente não saberia nem onde está o paciente, muito menos como começar a trabalhar. No entanto, um professor do século XIX que entrasse numa sala de aula atual daria a mesma aula, no máximo com um datashow ou Power Point”, argumentou, apontando para a necessidade de se reinventar os espaços de aprendizagem, no sentido de uma construção conjunta de conhecimentos e troca de informações.



Caio Castro, 28, estudante de arquitetura, e um dos acampados, declarou durante o debate que o grupo já tem uma comissão formada para planejar as aulas “que pode vir a ser a Universidade Livre do Anhangabaú”, completou.



Brasil



No Brasil, o principal motivo dos acampamentos de protesto, que ocorrem nas cidades de Belém, Salvador, Porto Alegre, São Paulo e Campinas, é a baixa participação popular nas decisões políticas. Dentro do movimento discute-se uma série de pautas e as principais, segundo Carmen Sampaio, do coletivo Brasil pelas Florestas, são:



1 – A construção de uma nova cultura política;

2 – A construção da hidrelétrica de Belo Monte;

3 – O novo Código Florestal, em votação no Senado;

4 – Tarifa zero no transporte público;

5 – 10% do PIB do país para a educação;

6 – Fim do uso de quaisquer armamentos para uso em manifestações;

7 – O cumprimento da sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos pela desobstrução da justiça nos casos de militantes torturados no período da ditadura militar brasileira, e a entrega de todos os corpos da guerrilha do Araguaia;

8 – Aprovação da PLC 122, projeto de lei por um Brasil sem homofobia.



“O acampamento é permanente e só dialoga com o governante quando ele vier para nossa assembléia”, completou Carmen. No momento, cerca de 150 pessoas ocupam o Viaduto do Chá em São Paulo.