Windows Live Messenger

sábado, 20 de agosto de 2011



O AMOR SEMPRE VENCE
Ernest - Um Peregrino que conta histórias de Amor
Livro - O Amor Sempre Vence



Sou como o vento
Sou como o vento... Apenas passo, não costumo voltar para juntar pedaços.

Não me julgues.
Não tentes entender-me.
Sou como o vento. Não tenho destino.
Apenas passo... Aproveita a brisa !
Não me prendas, Não me possuas.
Sou como água, Se presa, evaporo.
Mate apenas tua sede !
Não tentes guardar-me.
Não me aprisiones.
Sou como as flores,
Colhida, feneço. Guarda-me o perfume !
Não me descrevas.
Não me modifiques.
Sou como um sonho.
Uma Ilusão.
Não me acompanhes,
Não tentes seguir-me!
Sou como um cometa,
solitária.
Apenas admira-me
Neste momento, então.
Serei aquela que te encantará.
Por toda vida....

Sou como o vento... Apenas passo, não costumo voltar para juntar pedaços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário